Declarações Clientes

“Não bastava ter o melhor processo de produção, distribuição e entrega. Faltava conquistar a magia da experiência. A consumação de cerveja nos bares deveria entrar em um canal de entretenimento cultural.

Projetos estratégicos são sempre um risco, pois seus resultados são incertos, mas se desejamos construir uma marca forte, precisamos arriscar em inteligência.”

​​João M. Castro Neves, CEO da AmBev, em 2011, na Introdução do Caso Brahma no livro “Afinal, o que é Design Thinking?”

 

 

 

“No processo, nossos profissionais de Marketing, Vendas e Tecnologia Industrial se uniram aos fornecedores na geração de um grupo criativo e estratégico. Agradecemos à Animus que nos ajudou a conduzir esse processo de forma eficaz.

Esperamos que, cada vez mais, os processos de inovação

e sustentabilidade se tornem uma constante no desenvolvimento de um futuro melhor.”

 

Carlos Aníbal, Diretor da Unidade de Negócios Papel, da Suzano Papel e Celulose, em 2011, na Introdução do Caso Report no livro “Afinal, o que é Design Thinking?”

 

 

“Para mim, vocês têm dois diferenciais competitivos:

1) Uma ponte única entre a inteligência estratégica e a realização prática do projeto. Um processo muito profundo que ninguém que eu conheça faz;

 

2) Vocês não me dão trabalho. Além do conhecimento, vocês fazem a sua investigação e sempre me voltam com uma solução inovadora.”

 

 

Patrícia Bittar, gerente sênior da Johnson & Johnson, a respeito dos projetos estratégicos entre 2010 e 2012.

​Clientes